terça-feira, 28 de setembro de 2010

I want you next to me.

Eu quero você perto de mim.

Inventor dos Amores

Eu já não sei mais o que faço com meu coração
Eu não tenho mais o controle da situação
Todo caminho que eu sigo me leva a você
E quanto mais tento fugir, eu me aproximo mais
Não tem mais jeito, já se foi, razão ficou pra trás
Eu já não sigo meus instintos, medo de sofrer

E se eu me entregar, será que vai rolar?
Sou um doente, apaixonado, e ela tem razão
Se for pra ser assim, eu vou cuidar de mim
Eu penso em desistir, e ela diz que não

Meu coração apaixonado, atormentado, em dores
Procura entre os outros, o inventor dos amores
Espero que essa paixão nunca me deixe mal
Eu quero te amar e também quero ser amado
Desejo ser o seu amor, e não o seu escravo
Espero que essa paixão não tenha ponto final
Se não, Adeus tchau tchau!


(Jorge e Mateus - Inventor Dos Amores)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Quando foi que aquele pra sempre se tornou nunca mais? Por que nunca me avisaram? Não entendo o porquê de criar esperanças se não se pode alimentá-las até o fim. Se é para esquecer o inesquecível em 24h, melhor nem começar a torná-lo inesquecível. Ainda que certos sentimentos sejam inevitáveis… Inevitável mesmo é sofrer quando tudo acaba. Enquanto isso a vida vai passando, você continua sofrendo até perceber que se passaram meses desde seu último sorriso. Isso tudo porque o inabalável se abalou, sua base se partiu em inúmeros pedaços, seu amor infinito e inesquecível partiu junto e ainda levou sua felicidade para fazer companhia. E é aí que você se pergunta: Cadê aquela presença que se dizia onipresente? Cadê aquela voz sussurando um simples “nunca te deixarei só”? você partiu levando o inesquecível, inevitável, infinito e onipresente.

sábado, 25 de setembro de 2010

11:11

Simplesmente não aguento mais ver horas iguais, e nada de diferente acontecer na minha vida. Não era para alguém estar pensando em mim? Quem é que pensa tanto, e não age nunca?

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

-

Querido cérebro: Desculpe por sobrecarregar você pensando tanto nele.
Caro estômago: Desculpe por todas as borboletas.
Querido travesseiro: Desculpe por todas as lágrimas.
Querido coração: Desculpe por todo os danos!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

É Namoro ou Amizade?

Coragem, confesse: você assiste ao programa Em nome do amor do Silvio Santos, domingos à tarde. É aquele programa onde garotas e rapazes que nunca se viram mais gordos tiram uns aos outros para dançar ao som de Julio Iglesias, enquanto aproveitam para trocar três palavras. No final da música, Silvio pergunta para cada casal: é namoro ou amizade? Se a menina responder amizade, volta para o banco de reservas. Se responder namoro, ganha um buquê de flores e sai de mãos dadas com um amor novinho em folha. Já pensou que paraíso se fosse fácil assim?

Você está no bar da faculdade tomando um suco quando surge aquele colega que é um gato e que só faz uma cadeira nas quintas. Ele vem na sua direção e sorri. É seu dia de sorte. Está cada vez mais perto. Finalmente chega e lhe entrega um minidicionário Aurélio. "Você deixou cair ali fora". Antes que você consiga dizer obrigada, ele dá meia-volta, mas não consegue dar um passo. Silvio Santos está de microfone na mão interrompendo a fuga: é namoro ou amizade? "Namoro", responde você. A platéia do bar aplaude, você segura a mão do cara e não larga nunca mais.

Você está de bobeira no posto de gasolina, sábado à noite, encostado num Kadett. Sua cerveja está ficando quente e você não tem mais um tostão no bolso. Olha para o relógio: hora de saltar fora. Nisso surge uma clone da Cameron Diaz e pede licença para sair com o carro. Você desencosta. "Está bem cuidado, princesa", diz naquele seu jeito cafajeste. Ela entra, tenta arrancar mas quase atropela Silvio Santos, que surge não se sabe de onde, perguntando à queima-roupa: é namoro ou amizade? "Namoro", responde você entrando no Kadett da loira. Arranjou uma carona e uma paixão.

Você é divorciada e não é uma ninfeta: quase já esqueceu para que serve um homem. Está no cinema sozinha, pra variar. Nisso entra um cinquentão boa pinta, sem aliança no dedo. Senta quase ao seu lado, apenas uma poltrona os separam. As luzes ainda estão acesas e na fila da frente três retardadas não páram de rir e de fazer barulho com o papel de bala. O bacana olha pra você e diz: "Espero que, quando o filme iniciar, esse frege termine". Ele fala frege, como você. Feitos um para o outro. Nisso Silvio Santos materializa-se na poltrona do meio e lasca: "É namoro ou amizade?" Você agarra o microfone: "Namoro". Silvio sai de fininho, você pula para a cadeira do lado e assiste todo o filme com a cabecinha apoiada no ombro do tipão.

Ou você põe a imaginação pra funcionar ou se inscreve no em nome do amor. Mas vai ter que agüentar o Julio Iglesias.



Martha Medeiros

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Dizem que quando a gente está perto do final, começamos a lembrar do começo.

Eu me peguei chorando agora, do nada.
Passei o dia bem dormindo - acho que no fundo era pra tentar não lembrar de você.
Dizem que quando a gente está perto do final, começamos a lembrar do começo.
Eu me lembro que de alguns meses pra cá, minha vida se resumiu a você.
Minhas semanas, minhas horas, meus pensamentos, minhas vontades, tudo tinha um pouco de você lá.
Não....não.
A quem eu estou querendo enganar?
Tinha muito de você lá, muito mais do que eu gostaria que soubesse.
Dizem que as atitudes mais nobres, os pensamentos mais belos, são aqueles que ficam jogados no ar, na sombra, havendo conhecimento apenas de seu dono.
Quantas vontades, planos, pensamentos belos eu tive a seu respeito...
E agora...parece que fazem anos, e que, a cada hora, fica ainda mais distante.
Eu tento fugir de você, eu tento me esconder pra não nos machucar mais.
Eu não sei se fico, se sumo.
O que seria MENOS PIOR?
Hoje de manhã , mesmo falando com você, senti uma distância horrivel, fria, quase que chegava a revirar meu estômago e me dar náuseas.
Eu senti que havia algo errado, e nada aconteceu pra amenizar meu desespero silencioso.
Eu explodi.
E agora, a única coisa que eu posso fazer é tentar não pensar, lembrar, tentar não pensar, lembrar, tentar não...
Eu me forço a acreditar que eu estou errado, mas algum lado de mim me diz que algo da minha loucura faz sentido.
Será que, no fundo, você sabe o que é?
Tudo que eu sinto agora é angústia.
Não quero lembrar de como eram bons seus abraços, seus beijos, seu carinho, o modo como você sempre me tratou: tão paciente, de uma forma tão boa.
Será possível que esse conjunto de sentimentos, situações, felicidade.....são só mais algo que vai acabar dessa forma?
É tudo tão fraco?
Tudo que eu queria era você aqui comigo agora, sendo somente eu e você.
Meus pensamentos dóem, mas de alguma forma, eu quero que você saiba que eu penso em você.
Queria poder te ligar, mas sinto que não devo.
Eu sinto que eu te perdi, que eu me perdi.
Já não sei mais quem eu sou,ou quem você é.
Eu perdi o controle de tudo.
Sinto muito.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A vida poderia ser bem menos complicada!

Eu estava pensando, como a vida poderia ser bem menos complicada! Usando minha situação como exemplo, meus amigos dizem que não sou tímida, mas eu sou, e muito, excessivamente seria a palavra mais correta. Eu simplesmente travo, tento e tento pensar em algum assunto, o mais banal que seja, mas não vem à cabeça, e a conversa fica num simples "oi". Sinto que ele também meio que trava, porque no msn nossas conversas são totalmente diferentes. Vivo pedindo conselhos, pra minha mãe, minha irmã, até a Lygia, coitada, acho que ela não aguenta mais escutar eu falando no outro dia "ai Ly, eu deveria ter dito algo!”.
O engraçado da situação é que eu acho que eu fico esperando ele tomar uma atitude e ele fica me esperando. Ai empata tudo. Sei que é difícil pra ele e pra mim também é.
Troca de olhares já é frequente no meu dia-a-dia com ele, ainda que, quando um percebe que o outro está olhando, muda o olhar de direção, no meu caso com medo, não sei.
A timidez é essencial, mas sabe quando cansa, sei lá, queria poder olhar bem nos olhos dele e dizer “eei, não sei se você percebeu, mas eu to gostando de você desde o ano passado!”.
Acho que pra mim, a coisa é mais difícil, por não pertencer ao “padrão de beleza” estabelecido pela sociedade, já sou insegura de natureza. Por isso é difícil de eu acreditar que ele esteja gostando mesmo de mim. Até agora não estou totalmente convencida, apesar de que meu subconsciente esteja totalmente implorando pelo seu amor.
Estar escrevendo isso, já é um alívio e uma dor ao mesmo tempo, como eu disse anteriormente, eu quero mudar, deixar um pouco essa timidez, e através desse post eu estou tentando. Mas vem a dor, uma dor incomum, que só pessoas extremamente tímidas em relações afetivas como eu, podem entender. Um grito dentro de meus pensamentos dizendo “O que você pensa que está fazendo? Ta loca? Pára logo de escrever isso! Você não sabe que ele pode ler e descobrir tudo!? E se ele perceber que é dele que você está falando?”. E ao mesmo tempo em que eu quero que ele saiba de tudo o que sinto, vem o medo da rejeição. E se ele ler esse post, eu não sei com que cara eu vou aparecer na escola quarta-feira! Mas estou dando a cara à tapa.
Não sei se isso já aconteceu com alguém, mas sabe quando você está perto da pessoa que você ama, e não sabe como agir? O que fazer com as mão. Rir ou ficar séria. Cabelo solto ou preso? Essa insegurança que bate e te faz sentir que você não é perfeita o suficiente pra ele. Pode parecer idiotice, nem eu mesma sei se acredito mesmo nessas coisas mas, quando eu sei que tem uma data em especial, uma festa, ou mesmo o primeiro dia depois de um final de semana prolongado igual a esse, eu entro em sites de astrologia, pra ver o que poderá acontecer com o meu signo. Não sei se resolve alguma coisa, mas situações extremas, pedem medidas extremas!
Só espero que eu não me arrependa desse post!

Kisses ;**

domingo, 5 de setembro de 2010

Fernando&Sorocaba *---*

Meeu, ontem foi muuito bom, Fernando&Sorocaba foi liindo *---*
Acho que eu nunk ri tanto na minha vida! Eu e a Ly não sabíamos quase nenhuma música! KK
antes do show, na muvuca, os carinhas começaram a mexer com a Ly..ai eu troquei de lugar com ela..aah porque?? Mano os carinhas não me conheciam mesmo né! começaram a mexer comigo, tá até certo tempo eu aguentei..mas depois..aah fudeu de vez..virei pra trás e dei um tapa meio soco meio arranhão na cara de três caras..KKK Achei que eu fosse apanhar naquele momento..KK. Depois a Ly quase foi arrastada pelo povo..e só deu eu gritando "Lyy, segura no paau!!" KKKK
Minha mãe foi embora antes do show acabar, ai eu fiquei puta mesmo! aaah tava tããão boom láa *---* Sério, tirando os 2 shows da Restar que eu fui, esse foi o melhor! :DD
Hoje eu acordei, tava tendo um churras aqui em casa..comi e liguei pro Jerry pra ver se eles ainda estavam lá na chácara..fui pra lá..nadeei, aah a água tava tãao geladinhaa :)
Agora eu vou ligar pra dr e pra ka, pra ver se elas querem ir na praça cmg..
Maaano ta um vento aqui :s

Beeeeeeijos amores ;************

sábado, 4 de setembro de 2010

calooooooooor!

ai, como eu queria ter uma piscina em casa agoora! ah, eu tenho aquelas bem antigas de montar, vou apelar pra ela! KKKKK
Ontem foi o melhor dia da minha vida, a maioria das pessoas que não me conhecem muito pensariam que é por um motivo, tá, foi lgl isso tb, fofo é a palavra mais correta. Mas eu estou me referindo a oooooutra coisa e isso só a Lygia, a ka, a dr, o Jerry sabem *------*
Bom, já convenci minha irmã de me levar pra Torrinha hoje, mas ai ela vai ter que ficar lá cmg --'
Só falta convencer meus pais, meu pai tá até deixando, o duro vai ser minha mãe, mas eu dou um jeito.
Fui pra Jaú hoje de manhã e parece que eu vou ter que tirar meu dente do ciso mesmo DD: comprei minha meia arrastão *-------*
agora a fantasia ta completa, só falta seu significado.. KKKKKKK

Beeeeeijos ;********

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Fds prolongadooo *---*

Hoje de manhã tudo estava indo muito bem, fui bem na prova, eu acho. Estava espontânea como sempre, rindo a toa. Mas após o intervalo tudo mudou, aquela falta de ar novamente, odeio quando isso acontece. Agora toda vez que eu ver ele isso vai acontecer? E pra melhorar TPM em alta, o Vinicius e o Japonês ficaram "ta bravinha ta??!" :@@
POHA mano, quando eu quero ficar quieta na minha não gosto que os outros ficam me perguntando o que eu tenho, se eu to bem, tá.
Vou passar o feriado fazendo tarefa e estudando, os planos são esses pelo menos. Amanhã eu vou ter que acordar cedo pra ir no dentista --' Depois vou procurar uma meia pra festa no CCJ. Acho que minha irmã vem hoje.
Mas voltando ao assunto, porque eu to passando mal? Quase não consegui subir a escada depois do intervalo! Dá uma falta de ar e parece que eu engoli milhares de cubinhos de gelo, fica tudo muito gelado. Tirando que me dá uma tontura que eu tenho que respirar fundo umas 3 vezes pra passar. Sonhos engraçados e estranhos ultimamente, minha mente não pára o dia inteiro, sempre tentando não pensar nele, mas entre vários pensamentos, acabo me perdendo e o no final sempre me levam a ele!
To escutando muito Bring Me The Horizon pra ver se eu me acalmo. Eu não sei como, mas todo dia, no busão, indo pra escola eu coloco Diamonds Aren't Forever e consigo dormir escutando essa música!
Ok, morri agora no msn.

Beijos ;**

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

+/-

Estava muito bom pra ser verdade. Eu continuo muito feliz, mas hoje aconteceu mais uma coisa que me chateou. Com tantas possibilidades e nenhuma conquistada, que merda! E no final acabei me machucando, meu dedo tá até agora doendo :@
Fomos assistir O Bem Amado, mano como eu odeio filme brasileiro! Era uma comédia, mas eu chorei o filme inteiro, nem estava prestando atenção, meu óculos não me ajuda mais a enxergar a tela. Depois a mãe da Lygia me levou até a rodoviária pra mim pegar o busão pra voltar pra Bocaina. Acabei de chegar e estou comendo batatas smile e kibe (:
Na rodoviária, encontrei o Felipinho, mas do nada ele desapareceu! :s
Vou tomar um banho agora e dormir, to muuuito cansada D:

Beijos ;**