sexta-feira, 18 de março de 2011


Gostaria de saber qual a relação entre o tempo e a continuidade do amor. Estou tão cansado de viver amores intensos em curtos espaços de tempo, e péssimos amores em longos espaços de tempo. A verdade é que eu fui feliz, fui feliz ao seu lado, mesmo que por dois dias. Não existe demérito algum sobre o nosso amor, e só nós saberemos o que sentimos e como vivemos. Eu sei que te amei, pois já senti isso antes… Meu Deus, como eu já senti esse amor… Porém, ao contrário do que sempre acontece eu não sofri, eu não me magoei, não lhe magoei, tudo foi como deveria ter sido, e o amor, acima de tudo, foi puro, verdadeiro e intenso.
Você atravessou oceanos, e eu montanhas, vencemos e superamos barreiras físicas e não-físicas, superamos o tempo, a distância e o medo.
Nunca irei esquecer de você. Você é tudo que eu sempre sonhei, todas as qualidades físicas, sentimentais e psicológicas… Você é o sonho da minha alma. Eu nunca quis tanto fazer alguém feliz, como quis contigo. Meu único objetivo era realizar seus sonhos, mimar-lhe, abraçar-lhe e poder mostrar-lhe o que é o amor de verdade. Não saiu tudo como o planejado, mas foi perfeito da maneira como ocorreu, pois ensinou-me que o mais perfeito, não é aquilo que é idealizado, mas sim, o que é vivido da maneira mais simples e intensa. Eu te amo. Eu te amo mais do que imaginei amar. Nunca pensei que iria amar novamente, daquele jeito, em tão curto espaço de tempo. Mas, com você foi diferente, pela primeira vez tenho lembranças boas, lembranças felizes, e uma história sem rolos, brigas e problemas. Você não me machucou, ao contrário, cuidou das minhas feridas.
Hoje, pouco depois que você partiu, sentado à mesa da Starbucks, meus olhos se inundaram de lágrimas. Eu chorei por horas, por dentro e por fora, um choro mudo, um choro abafado. Não havia feridas causadas por você. Era uma dor de despedida, misturada com a alegria de ter realizado um sonho: fazer você se sentir amado e feliz. Obrigado, por ter sido a única pessoa a não me machucar. Obrigado por realizar o meu sonho de viver todos aqueles momentos e sentimentos, ao lado de alguém que eu realmente ame.
Às vezes, uma despedida não é possível, já que eu não teria forças para dizer-lhe adeus. Nunca se esqueça de cada sorriso, de cada toque, de cada beijo e de cada olhar, pois neles, demonstrei-lhe todo o amor que poderia existir em meu coração e em minha alma. A sua vida, agora, irá continuar, longe de mim. E por mais que você diga que só eu lhe importo, eu não posso prender-lhe de tão longe. Não vou dizer adeus. Vou dizer apenas: Eu te amo. Pois é a única coisa que importa, e a única coisa que me faz feliz. Eu nunca irei esquecer-lhe.

Por: Igors Denali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário