domingo, 22 de maio de 2011

Se eu tivesse a oportunidade de apagar para sempre alguma memória, eu não o faria. Todas que tenho, sejam boas ou ruins, me fizeram aprender muitas coisas.

Mas admito que se eu pudesse tirar algumas de dentro da minha cabeça por um tempo indeterminado, talvez eu aceitaria, só pela curiosidade de saber se as coisas seriam diferentes demais ou se, quem sabe, eu te encontraria de novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário