sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Esconde essa tristeza, menina. Aperta um pouco essa garganta, esmaga um pouquinho o coração. Deixa de ser doer, de se doar. Não deixa esse peito congelar. Fica forte, menina, fica forte. Fica tranquila, se reinventa, garota. Deixa o vento levar cada mágoa tua, e se transforma. Se transforma.

Isabela Costa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário