quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

"É bom te ter mesmo sabendo que a qualquer momento isso pode deixar de acontecer.
Entendo que dizer isso pode soar meio sombrio beirando uma previsão de algo ruim; talvez seja estranho eu já começar falando de como pode ser o fim. A julgar pelos sentimentos desenfreados que as novelas vendem, o correto seria eu mergulhar num mar de ilusões e desejos meus só para preencher a minha cabeça, ignorando a vida como ela é, ignorando a importância em te ter aqui sabendo que da noite para o dia você pode ir. Não quero alguém como refém, serei feliz ao ter alguém que me quer também, como você.
Quero comemorar você despreocupado caso escolha partir.
Grande coisa viver com você planejando o amanhã se eu não fizer nada para o hoje se fazer valer, se eu não fizer nada pra gente merecer o agora, se eu não me esforçar em compartilhar da minha vida agora que tenho a sua para me acompanhar.
Cada sonho tem uma hora para acontecer.
Eu não posso me atropelar e já te colocar nas costas o peso de ser a pessoa que vai ficar comigo pelo resto da vida, mas eu adoro te falar como é só com você com quem pretendo passar o próximo fim de semana. Você entende o que meu coração quer dizer?
Todos os dias celebro sua companhia para brindar a vida.
Te trago pertinho em pelo menos uma das vinte e quatro horas do meu dia. Te encontro ainda que não fisicamente, sinto seu cheiro ainda que não pela sua pele e rio com você ainda que só veja meu sorriso por escrito. Eu gosto de gostar de você e me basta que entenda como te quero bem, muito mais do que te querer pra sempre.
Quem me vê dizendo assim imagina que sou quem usa o coração só para preenchê-lo com refrões de solidão. Mas não é bem por aí. Bem que eu poderia te escrever cartas e mandar mensagens no celular com palavras bonitas para você suspirar, desse modo, talvez te levaria uma certeza de como gosto de você. Mas eu gosto tanto mais de te mostrar isso ao colocar a mão no seu rosto quando conversa pessoalmente comigo.  Eu não quero ser para você o que as pessoas anseiam que eu seja, quero ser eu.
Você vê a diferença entre te ter para te obrigar a ficar e te ter para mostrar como é bom ficar?
Você tem a sua liberdade e pode acordar amanhã querendo outro coração para beijar o seu durante um abraço que não seja o meu. Hoje sou mais do que quem te beija a boca, sou quem respeita a sua história antes da nossa acontecer. Então, da minha parte, muito mais do que procurar maneiras de te fazer crer que sou quem você sempre sonhou, fico feliz em te fazer saber que sou quem gosta de dedicar um tempo para te ouvir falar dos seus sonhos.
Eu preciso lembrar que você pode partir para valorizar como é bom te ter aqui.
É muito mais pelo prazer em dividir as horas com você do que pela expectativa em dividir uma vida inteira.
Sei que falando assim posso parecer trágico demais e, por outro lado, talvez não pareça gostar o quanto digo de você, mas a soma das vezes eu que mais planejei do que aproveitei me fizeram ver o que mais deve valer: respeitar o passado, aproveitar o presente e aguardar o futuro. Não estou preocupado com sua ida, estou empenhado em fazer valer nossas vidas durante a sua estadia, que aliás, pode levar a vida inteira se nós concordarmos que vale.
Eu gosto de quem somos hoje muito mais do que podemos ser um dia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário